24 de mar de 2011

Caminho jovem

O texto de Eclesiastes 11.9-12.1 citado logo abaixo, estimula a viver intensamente antes que cheguem os dias difíceis pela idade, mas também alerta sobre as implicações do modo como vivemos. Esse é um dos segredos do bem viver, como diz uma frase de Millôr Fernandes: "Viver é desenhar sem borracha". Existem valores a serem considerados, mas nenhum deles deve nos impedir de viver intensamente.

“Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas. Afasta, pois, do teu coração o desgosto e remove da tua carne a dor, porque a juventude e a primavera da vida são vaidade. Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles prazer” (Ec 11.9-12.1).

O livro do Eclesiastes fala da vida exatamente como ela é. Muitos não o compreendem e acabam tirando conclusões indevidas. Mas é um livro interessante com uma mensagem prática. A passagem acima, por exemplo, dá uma palavra aos jovens. Esse texto foi escrito há três mil anos, mas parece ter sido escrito hoje, tal a sua conexão com os nossos dias. É importante considerar essas palavras.

Existe uma velha impressão errada de que ser jovem não combina com acreditar e confiar em Deus. Essa questão de fé é mais para idosos e inválidos, dizem. Há até um ditado que diz: “Religião é muleta de fracos”. Muitos usam a fé como escada de bombeiros, apenas quando o fogo está pegando.

Mas, ser jovem e crer em Deus têm tudo a ver. Criador e criatura se entendem. A Bíblia fala de muitos jovens que viveram intensamente para Deus e que influenciaram muito bem o meio social em que viveram. José, jovem judeu, filho do patriarca Jacó, foi levado para o Egito ainda adolescente. Anos depois se tornou ministro da fazenda daquela nação, sendo a maior autoridade do país depois do rei; Davi, jovem corajoso, se tornou rei de Israel ainda jovem; Daniel e seus amigos eram sábios e elegantes. Foram levados como escravos para a Babilônia, maior potência mundial em seus dias, e lá influenciaram todo o império por causa da fé em Deus. Falta tempo e espaço para falar de moças lindas, ornamentadas e tementes a Deus como Raquel, Sara, Ester e tantas outras. O apóstolo Paulo foi auxiliado por jovens piedosos como Timóteo, Tito, Silas, e outros. O próprio Jesus foi jovem, morreu jovem, e viveu completamente para Deus.

O jovem que vive pela fé em Jesus, não encontra nenhum paradoxo entre o crer e o viver plenamente. Aliás, Jesus disse: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10.10). O texto supracitado desafia o jovem para um viver intenso. Ele fala de recreação, emoção, satisfação, agrado, alegria, prazer. A Bíblia chama o jovem para a verdadeira liberdade. “Para a liberdade foi que Cristo nos libertou” (Gl 5.1). A Bíblia diz que tudo é permitido (1Co 6.12), que tudo é puro para os puros (Tt 1.15), que você pode fazer tudo o que a sua fé e consciência aceitam (Rm 14.22-23).

Mas, qualquer jovem normal, coerente, e inteligente, sabe que o bom senso não faz mal a ninguém. O equilíbrio nunca derrubou ninguém para a pior. Todos sabem que liberdade não é sinônimo de libertinagem. Os versículos citados para falarem de liberdade e vida plena, são os mesmos que dizem que devemos permanecer em Cristo para viver a liberdade; que todas as coisas são permitidas, mas nem todas convêm; que tudo é puro, mas antes, preciso ser puro de coração, senão não verei nada puro; que posso fazer o que quiser, mas a comunhão com Deus fala mais alto que minha consciência.

O movimento “Caminho Jovem” consiste tão somente em conscientizar os jovens de que a Comunidade do Caminho não é uma religião, uma seita com regras e tabus moralistas. Entre nós, você realmente pode ser quem é, usar, comer, beber, e fazer tudo conforme sua consciência no evangelho de Jesus. Entre nós cada um se revela como é e anda no ritmo que lhe é possível. Cada um é disciplinado pela Palavra, não pelo Pastor. "Cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus" (Rm 14.12).

A Bíblia diz: “Os jovens se cansam e se fatigam, e os moços de exaustos caem, mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam” (Is 40.30-31). Saiba, existe uma vida melhor para você, jovem. Uma vida sem cansaço, sem fadiga; uma vida sem exaustão lhe aguarda em Jesus. Você não precisa cair. Você pode ser renovado, você pode caminhar, você pode correr, você pode subir. Ser jovem em Jesus é ser um jovem forte (1Jo 2.14).

Antonio Francisco - Cuiabá, 27 de março de 2011 - Voltar para Mensagens.

0 comentários: