25 de mar de 2011

Caminho homens

“Aproximando-se os dias da morte de Davi, deu ele ordens a Salomão, seu filho, dizendo: Eu vou pelo caminho de todos os mortais. Coragem, pois, e sê homem!” (1Rs 2.1-2). O rei Davi estava prestes a morrer quando chamou seu filho Salomão que o sucedeu no trono de Israel para lhe dá algumas instruções. Ele sabia que estava vivendo seus últimos dias, por isso, precisava ser claro nas orientações.

Vivemos uma crise que se alastra por toda a sociedade quanto ao papel do homem. Hoje em dia o bonito é ser mandado pela mulher. Quando um homem diz em público que é o líder de seu lar, ele pode ser vaiado, mas, se ele disser que em casa quem manda é a mulher, é quase certo que ele será aplaudido. As coisas estão invertidas. Deus está falando: “Coragem, pois, e sê homem!”. É por isso que muitos homens precisam de coragem, pois, muitos têm medo de suas mulheres e vivem para obedecer às ordens e atender aos caprichos delas.

Em nossos dias as crianças crescem aprendendo que quem manda é a mamãe. Ninguém pode negar que as mulheres estão cada vez mais ocupando espaço na sociedade. No hospital as enfermeiras cuidam dos bebês, e em casa, as mulheres estão prevalecendo. O número de mulheres cresce entre os professores nas escolas, nos supermercados, na polícia, nas lojas do comércio, enfim, elas estão em praticamente tudo. Nas igrejas elas são maioria entre os que ensinam e são maioria entre os que ouvem.

Se você conseguiu ler até aqui, deve estar pensando que sou machista, que sou contra as mulheres e defendo que os homens sejam grosseiros com suas mulheres. Nada disso é verdade. Sou grato a Deus por minha mãe, minha avó materna, a irmã com quem cresci, e minhas tias. Minha esposa é maravilhosa e temos três filhas lindas que são presentes de Deus para nós. Não estou escrevendo contra as mulheres, mas chamando a atenção dos homens. Na verdade, as mulheres estão sobrecarregadas porque os homens estão se omitindo em seus deveres mais elementares.

Muitas mulheres vivem cansadas por viverem com homens que não se assumem nem cuidam de suas mulheres devidamente. As mulheres não são fracas, elas são delicadas e precisam de homens de verdade.

Precisamos de homens de verdade na família, na igreja, na educação, na economia, na política, na segurança pública e em todas as outras áreas da sociedade. Deus está falando para cada homem em nossos dias a mesma coisa que o rei Davi falou para seu filho Salomão. Mas, creio que agora ele fala através de um megafone celeste: “Coragem, pois, e sê homem!”.

A Comunidade do Caminho não defende o machismo nem o feminismo. Aliás, tudo que tem “ismo” não cheira bem para nós. O que estamos defendendo aqui é que os homens ocupem o seu lugar com coragem conforme a vontade revelada de Deus. Quando isso acontecer, as mulheres também serão grandemente beneficiadas.

O movimento “Caminho Homens” visa despertar com a graça e o poder de Deus homens que vivam felizes e façam felizes todos aqueles que com eles conviverem. Chego a pensar que muitos homens gostam de se escorar nas mulheres, deixando de assumir o papel que lhes é devido na família, na igreja, e na sociedade em geral. É preciso coragem, para ser homem de verdade.

Além disso, o movimento “caminho homens” se mobiliza para provocar amizade entre homens. Existem tabus e preconceitos sobre a amizade entre homens. Ter amizade com pessoas do mesmo sexo é uma necessidade inerente de cada um de nós. Portanto, estamos empenhados em despertar uma maior conscientização dos valores e deveres dos homens. Coragem, pois, e vamos em frente.

Antonio Francisco - Cuiabá, 27 de março de 2011 - Voltar para Mensagens.

0 comentários: