10 de fev de 2011

A importância de ser batizado

“Naqueles dias, veio Jesus de Nazaré da Galileia e por João foi batizado no rio Jordão” (Mc 1.9). O próprio Jesus ordenou que todo aquele que nele crê seja batizado (Mt 28.19-20). A Bíblia diz: “... muitos dos coríntios, ouvindo, criam e eram batizados” (At 18.8). A evidência de que uma pessoa conhece ao Senhor, é que ela obedece aos seus mandamentos (1Jo 2.3), e um desses mandamentos é o batismo.

O batismo ilustra o fato de Jesus ter morrido e ressuscitado. “... Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (1Co 15.3-4). Então, quando o cristão é batizado, isso ilustra que ele também morreu e ressuscitou com Cristo; “tendo sido sepultados, juntamente com ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos” (Cl 2.12). Assim, por se tornar uma nova criatura em Cristo, o batismo faz sentido para o que crê em Jesus (2Co 5.17). Desde o novo nascimento passamos a andar em novidade de vida (Rm 6.4).

O batismo não faz você ser um crente, mas mostra que você já tem crido. O batismo não salva você. Somente pela sua fé em Jesus é que você é salvo. Batismo é como aliança de casamento, é o símbolo exterior do compromisso que você já fez em seu coração.

“Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Ef 2.8-9).

Qualquer pessoa que tenha crido em Cristo como Senhor e Salvador deve ser batizada. Isso pode acontecer tão logo ela aceite Jesus pela fé. “Então, os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas” (At 2.41). Não há razão para longa espera. Se você esperar até ser “perfeito”, você nunca vai se sentir “bom o suficiente” para o batismo.

Posso ser batizado junto com minha família? Sim! Se cada membro de sua família entende completamente o significado do batismo e cada um tiver colocado sua confiança pela fé em Cristo, nós encorajamos a família a ser batizada. Todos ao mesmo tempo. É uma bela expressão de compromisso. Entretanto, é importante destacar que o batismo é uma declaração pessoal de fé e não de tradição familiar. Não é sábio deixar seu batismo para depois, esperando que outros membros de sua família aceitem a Cristo. Isto provavelmente vai deixá-lo sob pressão para qualquer tipo de decisão.

Há um só batismo (Ef 4.5). O Único: aquele que acontece pela fé, quando o Espírito dá testemunho de Cristo em nós, e o coração crê, e confia na obra consumada e completa feita por Jesus.

Os “outros” batismos são simbolizações que só fazem sentido como “confirmação” desse Único Batismo: na morte e ressurreição do Senhor!

Antonio Francisco - Cuiabá, 10 de fevereiro de 2011 - Voltar para Mensagens.

0 comentários: