24 de set de 2010

O Caminho

Existem muitos empregos metafóricos sobre o caminho, além dos sentidos literais óbvios que todos conhecemos. O caminho em que se anda mostra o propósito que se tem. A vontade e o propósito de Deus são vistos na Bíblia como um caminho (Êx 33.13; Jó 21.14). Jesus falou dos dois caminhos contrastados (Mt 7.13-14) que qualquer pessoa pode escolher andar. Jesus é o caminho da salvação.

Jesus mesmo disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” (Jo 14.6). O livro de Atos nos mostra que o “Caminho” era a mais antiga designação dos seguidores de Jesus (At 9.2; 19.9, 23; 22.4; 24.14, 22). Por isso, nos intitulamos a Comunidade do Caminho.

A Comunidade do Caminho não é uma igreja como todos conhecem, com “templo”, estatuto, regras e regras. Não é um grupo seleto de pessoas irrepreensíveis, mas uma comunidade fraterna de pessoas comuns, aceitas como são e não como quem quer que seja queira. Ajuntamos-nos como amigos e irmãos, mas é nos afazeres sociais diários que nos dissolvemos como sal e nos misturamos com a massa para influenciar para o bem. Começamos exatamente como começaram os primeiros discípulos do Mestre Jesus, como uma pequenina semente, desejosos de nos tornarmos uma árvore frondosa que acolha todos os pássaros em seus galhos. Entre nós os filhos de Deus estão em casa e os pródigos recebem sempre boas-vindas.

Entre nós não há punição nem exclusão, mas auto-avaliação. Crescemos juntos nos ajudando mutuamente. Todos são livres, inclusive para pecar, pois cada um dará contas de si mesmo a Deus. A Bíblia diz para não pecarmos, mas se pecarmos temos um Advogado justo, o qual é Jesus Cristo. Cada um deve andar conforme o nível de maturidade adquirida e não segundo um padrão estabelecido por alguém. Entre nós ninguém é deus de ninguém, porque todos são ensinados por Deus e todos têm a unção do Santo para viver a vontade de Deus.

No Caminho, todos caem e se levantam para continuar a caminhada. Todos lavam os pés uns dos outros, porque na caminhada da vida a poeira sempre suja os nossos pés. Nossa unidade não significa uniformidade; nossa liberdade não é libertina, mas também não é vigiada. Entendemos que sem amor, tudo é nada.

Antonio Francisco - Cuiabá, 24 de setembro de 2010 - Voltar para Mensagens.

1 comentários:

Hoje estou tão feliz, tenho certeza que os anjos do céu e o meu Senhor e Salvador também.
Ao ler a biblia com os membros da minha célula, no livro de Atos 8:26-38 alguns membros, em oração pediram para que o Senhor entrasse na vida deles, os batizassem e aceitasse eles como eles eram e estavam.
Eu durante a oração comecei a chorar de felicidade pois algumas pessoas eram timidas e estavam clamando por Jesus Cristo.
Quero permanecer no Caminho pelo resto de minha vida na Graça.